Corpo Docente

A EAESP conta com cerca de 300 professores, doutores e mestres que combinam excelência acadêmica e atuação em governos, empresas e organismos internacionais. Dentre eles, 20 compõem o Núcleo de Docentes Permanentes do Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas, com ativa participação no debate em torno das transformações do Estado e das políticas públicas.

Alexandre Abdal

É professor do Departamento de Gestão Pública da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (GEP-FGV/EAESP) e pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap). Possui formação em Ciências Sociais e Sociologia, com doutorado (2015), mestrado (2008) e graduação (2005) pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Trabalha com pesquisas nas áreas de Sociologia do Desenvolvimento, Sociologia Econômica, Economia Regional e Avaliação de Políticas Públicas, com ênfase nos seguintes temas: desenvolvimento urbano e regional, cidades, planejamento regional e urbano, inovação, conhecimento, mercado de trabalho e ensino superior. É autor do livro São Paulo, desenvolvimento e espaço: a formação da Macrometrópole Paulista, pela editora Papagaio.

Alexis Galias de Souza Vargas  

Consultor em Gestão Pública e Advogado. Graduado em Direito pela PUC/SP, é mestre (2003) e doutor (2009) em Direito Constitucional pela PUC/SP, com estágio de pesquisa (doutorado sanduíche - CAPES) na Universidade Autônoma de Barcelona (UAB). É coordenador de projetos na FGV Projetos, atuando em projetos relacionados ao desenho, implementação, monitoramento, avaliação e controle de políticas públicas. É consultor do escritório Queiroz, Lautenshläger, atuando em causas relacionadas ao direito constitucional, administrativo e eleitoral.

Ana Cristina Braga Martes

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1981), mestrado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1998). Foi Pesquisadora Visitante na Universidade de Boston (2003) e fez pós-doutorado no King's College (2010). É professora de carreira da Fundação Getulio Vargas - SP desde 2000. Tem trabalhos publicados   nas áreas de Migrações Internacionais, Sociologia Econômica, Participação Social e Movimentos Sociais. 

Arthur Barrionuevo Filho

Arthur Barrionuevo é professor de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV -SP) nas Escolas de Administração e de Direito. Atua também como consultor econômico sênior nas áreas de defesa da concorrência e regulação de telecomunicações, via sua empresa A. Barrionuevo & Associados, tendo atuado no passado para a FGV Consult e Tendências Consultoria Integrada. Foi Presidente do Conselho de Administração da FINEP ( Financiadora de Estudos e Projetos - Rio de Janeiro - RJ , 1999), instituição financeira dedicada ao financiamento de P & D das empresas brasileiras e atuou como o secretário de Desenvolvimento Tecnológico do Ministério da Ciência e Tecnologia (Brasília - DF 1999), onde era responsável por políticas públicas de apoio à inovação empresarial. Na área de defesa da concorrência serviu como conselheiro do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica - (FTC brasileiro - Brasília - DF 1997-1999) , a autoridade antitruste brasileira sob o presidente Fernando Henrique Cardoso. Atua como consultor para empresas e escritórios de advocacia no Brasil, em políticas de concorrência e questões regulatórias. Também trabalhou como consultor para a ANATEL , a agência brasileira de telecomunicações, nos regulamentos de acesso a infra-estrutura e cálculo do WACC no setor de telecomunicações. O Professor Barrionuevo tem publicado vários artigos em Revistas especializadas de Economia Aplicada e Direito e tem vários artigos publicados em jornais sobre questões como a concorrência e a convergência dos serviços de telecomunicações no Brasil e políticas de concorrência. Ele é palestrante frequente em políticas de defesa da concorrência e regulação no Brasil.

Cibele Franzese

Graduou-se em Direito pela Universidade de São Paulo, é mestre e doutora em Administração Pública e Governo pela Fundação Getulio Vargas SP, com estágio de pesquisa no Centro de Estudos de Federalismo da Universidade de Kent, Inglaterra. Foi Secretária Adjunta de Gestão e Secretária Adjunta de Planejamento e Desenvolvimento Regional do Governo do Estado de São Paulo. Atualmente é professora da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas/SP, nos cursos de Graduação em Administração Pública, Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas e Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo, nas áreas de Planejamento e Gestão, Administração Pública e Políticas Públicas. Participa da coordenação do Laboratório de Gestão de Políticas Públicas (GPPLab), que é um projeto de pesquisa aplicada, ligado ao MPGPP, que busca conectar teoria e prática no campo da Gestão Pública.

Cláudio Gonçalves Couto 

Doutor em Ciência Política pela FFLCH-USP, pós-doutorado em Ciência Política na Universidade de Columbia (EUA). Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Conflitos e Coalizões Políticas, atuando principalmente nos seguintes temas: constitucionalismo e democracia, política brasileira, instituições políticas, política organizacional, processo de governo e partidos políticos.

Eduardo de Rezende Francisco

Doutor (2010) e Mestre (2006) em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas - EAESP e Bacharel em Ciência da Computação pelo Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (1999). É Professor do Departamento de Informática e Métodos Quantitativos da FGV-EAESP, onde ministra disciplinas de Estatística, Estatística Espacial, Geoinformação, Inteligência Analítica e Big Data. Foi pesquisador visitante do Departamento de Information Science da University of Otago, na Nova Zelândia. Atualmente é colunista da Revista InfoGEO (coluna GEOInsights) e Portal de Geoinformação MundoGEO, e Consultor em Geotecnologias, Estatística Aplicada e Modelos Preditivos para Renda e Microcrédito. É coordenador de Business Intelligence do GVcepe - Centro de Estudos em Private Equity e Venture Capital da FGV. Tem experiência na área de modelos preditivos para Microcrédito, Marketing, Estatística Aplicada, Geoestatística, Demografia e Geotecnologias de maneira geral, com ênfase em Data Mining, atuando principalmente nos seguintes temas: Microcrédito, Geomarketing, Business Intelligence, Satisfação de Clientes e Integração de Tecnologias de Informação. É sócio-fundador do GisBI - grupo de estudos e fomento da integração entre geotecnologias e Big Data e do Meia Bandeirada, empresa de soluções em tecnologia para mobilidade urbana.

Gesner Oliveira

Foi Presidente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) em 2007-10. Exerceu dois mandatos como presidente do CADE em 1996-2000. Foi sócio da Tendências em 2000-07. No Ministério da Fazenda foi Secretário de Acompanhamento Econômico em 1995 e Secretário Adjunto de Política Econômica em 1993-94. Gesner Oliveira é professor da FGV, Doutor pela Universidade da California (Berkeley), mestre pela Universidade de Campinas e bacharel pela USP. Foi professor-visitante da Universidade de Columbia nos EUA em 2006.

Henrique Fingermann

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1966), especialização em Economia Regional e Urbana na FIPE pela Universidade de São Paulo (1975) e mestrado em Administração Pública pela Fundação Getulio Vargas - SP (1983). Atualmente é Professor Assistente da Fundação Getulio Vargas - SP.

Luiz Carlos Bresser Pereira

Graduação em Direito pela Faculdade de Direito pela Universidade de São Paulo, USP (1957), mestrado (Master of Business Administration) pela Michigan State University (1961), e doutorado em Economia pela Faculdade de Economia e Administração, FEA, da USP (1972), e livre-docência em Economia pela FEA/USP/. Atualmente é professor emérito da Fundação Getulio Vargas - SP, onde é professor desde 1959, presidente e editor da Revista de Economia Política desde 1981. Tem experiência de ensino e pesquisa e trabalhos publicados nas áreas de Economia, Sociologia, Ciência Política e Administração Pública. Principais temas: desenvolvimento, macroeconomia do desenvolvimento, desenvolvimento e distribuição, inflação inercial, Estado e sociedade, democracia, nação e nacionalismo, sociedade civil, classes sociais, empresários, burocracia, tecnoburocracia, reforma gerencial, cinema.

Suas pesquisas atualmente concentram-se sobre o novo desenvolvimentismo, o Estado e a macroeconomia desenvolvimentista. Website: bresserpereira.org.br.

Marco Antonio Carvalho Teixeira

Possui mestrado em Ciências Sociais (1999) e doutorado em Ciências Sociais (2004) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É professor-adjunto e pesquisador do Departamento de Gestão Pública junto a Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas de São Paulo (EAESP-FGV), onde leciona nos cursos de graduação em Administração Pública e Administração de Empresas, bem como no Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo e, também, no Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas. Desenvolve pesquisas acadêmicas e vem atuando como Consultor de organismos nacionais e internacionais em temas como: Transparência, Accountability e Controle da administração pública com foco no papel dos órgãos de controle e no controle social; arranjos cooperativos intergovernamentais, política brasileira e eleições. É líder do grupo temático Federalismo, Relações Intergovernamentais e Descentralização, junto a área de Administração Pública do ENANPAD (biênio 2015-2016). Atua como comentarista do programa CBNSP, da Rádio CBN, onde trata de questões ligadas aos problemas da cidade de São Paulo e suas políticas públicas, e é um dos editores do Blog Gestão, Política & Sociedade, abrigado no jornal O Estado de S. Paulo.

Maria Alexandra Viegas Cortez da Cunha

Possui graduação em Administracao (1987) e Informatica (1982) pela Universidade Federal do Paraná, mestrado em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas - SP (1994) e doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo (2000). Foi coordenadora da divisão ADI da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração - ANPAD por 4 anos. É professora da Escola de Administração de Empresas de São Paulo e foi professora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná por 23 anos. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Organizações Públicas, atuando principalmente nos seguintes temas: governo eletrônico, informática pública, sociedade da informação, administração pública e gestão de tecnologia da informação. Foi Bolsista Produtividade da Fundação Araucária, 2013-2014.

Maria Rita Loureiro

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás (1968) , mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1975) , doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1984) , pós-doutorado pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (1988) e pós-doutorado pela New York University (2000) . Atualmente é Professora Titular da Fundação Getulio Vargas - SP e professora titular aposentada da Universidade de São Paulo, tendo também  lecionado na Escola Nacional de Administração Pública, em Brasília. É pesquisadora do Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, e do CNPQ. Membro do Conselho Editorial da Revista do Serviço Público(Brasília), da Revista de Economia Política e Membro da Associação da International Political Science Association. Tem experiência de pesquisa na área de Ciência Política, com ênfase nas seguintes temáticas:  Estado, Governo e Instituições Governamentais. Burocracia, Elites Dirigentes e Gestão Econômica.

Marta Ferreira Santos Farah

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1974), mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1983) e doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1992). É professora titular da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas. É professora dos cursos de graduação e de pós-graduação stricto sensu em Administração Pública e Governo, integrando o Departamento de Gestão Pública e participando do Centro de Estudos de Administração Pública e Governo (CEAPG). É também professora do Curso de Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas nesta instituição. Coordenou o Curso de Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo de 2011 a 2015 e, de 2004 a julho de 2008, o Curso de Graduação em Administração da GV. De 1996 a 2006, foi vice-coordenadora do Programa Gestão Pública e Cidadania (FGV e Fundação FORD), desenvolvido com o objetivo de identificar, premiar, disseminar e analisar inovações promovidas por governos subnacionais no Brasil. Coordenou o Curso de Mestrado em Administração Pública e Governo entre 1995 e 2001. Foi professora visitante do Brazil Center, da Universidade do Texas, em Austin e pesquisadora visitante do Ash Institute for Democratic Governance, ligado à John Kennedy School of Government, da Universidade de Harvard. Integra Comissão de Avaliação de Livros da CAPES da área de Administração. É avaliadora de diversas revistas da área de Administração e Ciências Sociais e assessora ad-hoc do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, da CAPES e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Foi editora da revista "Cadernos Gestão Pública e Cidadania" entre 2009 e 2013. Áreas de pesquisa e orientação: políticas públicas, políticas sociais e cidadania, inovação em políticas públicas, difusão e disseminação de políticas públicas, governos locais e políticas públicas, políticas públicas e gênero, políticas públicas e desigualdade, participação e políticas públicas.

Regina Silvia Pacheco

É professora permanente da Fundação Getulio Vargas - SP. Foi Presidente da ENAP Escola Nacional de Administração Pública, entre 1995 e 2002, tendo participado da equipe de dirigentes do MARE Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado. Antes, foi Coordenadora Executiva do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC (1990-92). Sua área de pesquisa abrange Governo e Gestão Pública, com ênfase nos seguintes temas: Reforma do Estado, relações entre as esferas pública e privada, regulação, contratualização de resultados no setor público, dirigentes públicos. É Coordenadora do Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas da EAESP-FGV e do GPPlab - Laboratório de inovação voltado à solução de problemas públicos. Doutora em Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente - Université Paris-Est Créteil (ex-Université Paris 12).

Rodrigo Pagani de Souza

Professor Convidado no Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas da FGV/EAESP e na Especialização em Direito da Infraestrutura da FGV Direito SP/GVlaw. Professor Doutor de Direito Administrativo na Faculdade de Direito da USP, pela qual é Doutor e Mestre em Direito. Master of Laws (LL.M.) pela Universidade de Yale. Advogado em São Paulo, especializado em Consultoria em Direito Público e Regulação.