Corpo Docente

A EAESP conta com cerca de 300 professores, doutores e mestres que combinam excelência acadêmica e atuação em governos, empresas e organismos internacionais. Dentre eles, 20 compõem o Núcleo de Docentes Permanentes do Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas, com ativa participação no debate em torno das transformações do Estado e das políticas públicas.

Alexandre Abdal

Alexandre Abdal é professor do Departamento de Gestão Pública da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (GEP-FGV/EAESP), professor temporário do Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (Sociologia-FFLCH/USP) e pesquisador associado ao Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap). Possui formação em Ciências Sociais e Sociologia, com doutorado (2015), mestrado (2008) e graduação (2005) pela FFLCH-USP. Trabalha com pesquisas nas áreas de Sociologia do Desenvolvimento, Sociologia Econômica, Economia Regional e Avaliação de Políticas Públicas, com ênfase nos seguintes temas: desenvolvimento urbano e regional, cidades, planejamento regional e urbano, métodos e técnicas de pesquisa em Ciências Sociais, inovação e conhecimento, mercado de trabalho e ensino superior. É autor do livro "São Paulo, desenvolvimento e espaço: a formação da Macrometrópole Paulista", pela editora Papagaio, e editor e organizador dos livros digitais "Métodos e técnicas de pesquisa em Ciências Sociais: bloco quantitativo" e "Métodos e técnicas de pesquisa em Ciências Sociais: bloco qualitativo", em parceria com o Centro de Pesquisa e Formação (CPF) do Sesc-SP.

Alexis Galias de Souza Vargas  

Consultor em Gestão Pública e Advogado. Graduado em Direito pela PUC/SP, é mestre (2003) e doutor (2009) em Direito Constitucional pela PUC/SP, com estágio de pesquisa (doutorado sanduíche - CAPES) na Universidade Autônoma de Barcelona (UAB). É coordenador de projetos na FGV Projetos, atuando em projetos relacionados ao desenho, implementação, monitoramento, avaliação e controle de políticas públicas. É consultor do escritório Queiroz, Lautenshläger, atuando em causas relacionadas ao direito constitucional, administrativo e eleitoral. 

Ana Cristina Braga Martes

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1981), mestrado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1990), doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1998), tendo realizado o doutorado sanduíche no Massachusetts Institute of Technology (MIT). Foi Pesquisadora Visitante na Universidade de Boston (2003) e fez pós-doutorado no King's College (2010). É professora de carreira da Fundação Getulio Vargas - SP desde 2000. Tem trabalhos publicados nas áreas de Migrações Internacionais, Sociologia Econômica e Redes, Participação Social e Movimentos Sociais. 

Antonio Gelis Filho

Advogado, graduado em Direito e Medicina pela USP. Doutor em Administração pela FGV-EAESP. Certificate of International Business pela Erasmus Universiteit Rotterdam. Professor dos cursos de graduação e mestrado profissional da FGV-EAESP. Possui trabalhos publicados em periódicos nacionais e internacionais, tendo recebido o prêmio Jorge Oscar de Mello Flôres – 2006, pelo melhor artigo do ano publicado na Revista de Administração Pública. Apresentou trabalhos em eventos acadêmicos no Brasil, América Latina, EUA, Europa e Ásia. Atua em treinamentos em organizações públicas e privadas.  Áreas de interesse: direito aplicado à administração pública e privada, direito eleitoral, geopolítica e organizações.  

Arthur Barrionuevo Filho

Arthur Barrionuevo é professor de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV -SP) nas Escolas de Administração e de Direito. Atua também como consultor econômico sênior nas áreas de defesa da concorrência e regulação de telecomunicações, via sua empresa A. Barrionuevo & Associados, tendo atuado no passado para a FGV Consult e Tendências Consultoria Integrada. Foi Presidente do Conselho de Administração da FINEP ( Financiadora de Estudos e Projetos - Rio de Janeiro - RJ , 1999), instituição financeira dedicada ao financiamento de P & D das empresas brasileiras e atuou como o secretário de Desenvolvimento Tecnológico do Ministério da Ciência e Tecnologia (Brasília - DF 1999), onde era responsável por políticas públicas de apoio à inovação empresarial. Na área de defesa da concorrência serviu como conselheiro do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica - (FTC brasileiro - Brasília - DF 1997-1999) , a autoridade antitruste brasileira sob o presidente Fernando Henrique Cardoso. Atua como consultor para empresas e escritórios de advocacia no Brasil, em políticas de concorrência e questões regulatórias. Também trabalhou como consultor para a ANATEL , a agência brasileira de telecomunicações, nos regulamentos de acesso a infra-estrutura e cálculo do WACC no setor de telecomunicações. O Professor Barrionuevo tem publicado vários artigos em Revistas especializadas de Economia Aplicada e Direito e tem vários artigos publicados em jornais sobre questões como a concorrência e a convergência dos serviços de telecomunicações no Brasil e políticas de concorrência. Ele é palestrante frequente em políticas de defesa da concorrência e regulação no Brasil.

Cibele Franzese

Graduou-se em Direito pela Universidade de São Paulo, é mestre e doutora em Administração Pública e Governo pela Fundação Getulio Vargas SP, com estágio de pesquisa no Centro de Estudos de Federalismo da Universidade de Kent, Inglaterra. Foi Secretária Adjunta de Gestão e Secretária Adjunta de Planejamento e Desenvolvimento Regional do Governo do Estado de São Paulo. Atualmente é professora da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas/SP, nos cursos de Graduação em Administração Pública, Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas e Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo, nas áreas de Planejamento e Gestão, Administração Pública e Políticas Públicas. Participa da coordenação do Laboratório de Gestão de Políticas Públicas (GPPLab), que é um projeto de pesquisa aplicada, ligado ao MPGPP, que busca conectar teoria e prática no campo da Gestão Pública.

Cláudio Gonçalves Couto 

Coordenador do Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas (MPGPP) da EAESP-FGV. Graduado em Ciências Sociais (1991), mestre em Ciência Política (1994) e doutor em Ciência Política (2000), todos os títulos obtidos pela Universidade de São Paulo. Realizou estágio de pós-doutorado na Universidade de Columbia (EUA) com apoio da CAPES (2005-6). É professor adjunto do Departamento de Gestão Pública da EAESP da Fundação Getúlio Vargas - SP e docente dos cursos de graduação em Administração Pública e Administração de Empresas. É do Núcleo Docente Permanente (NDP) do curso de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em Administração Pública e Governo, na linha de pesquisa de Política e Economia do Setor Publico. Foi Secretário Adjunto e, depois, Executivo da ANPOCS (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais) nos biênios 2013-14 e 2015-16. Colunista eventual de Política dos jornais Valor Econômico e O Estado de S. Paulo.

Eduardo de Rezende Francisco

Doutor (2010) e Mestre (2006) em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas - EAESP e Bacharel em Ciência da Computação pelo Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (1999). É Professor do Departamento de Informática e Métodos Quantitativos da FGV-EAESP, onde ministra disciplinas de Estatística, Estatística Espacial, Geoinformação, Inteligência Analítica e Big Data. Foi pesquisador visitante do Departamento de Information Science da University of Otago, na Nova Zelândia. Atualmente é colunista das Revistas GV Executivo e InfoGEO (coluna GEOInsights) e Portal de Geoinformação MundoGEO, e Consultor em Geotecnologias, Estatística Aplicada e Modelos Preditivos para Renda e Microcrédito. Tem experiência na área de modelos preditivos para Microcrédito, Marketing, Estatística Aplicada, Geoestatística, Demografia e Geotecnologias de maneira geral, com ênfase em Data Mining, atuando principalmente nos seguintes temas: Microcrédito, Geomarketing, Business Intelligence, Satisfação de Clientes e Integração de Tecnologias de Informação. É sócio-fundador do GisBI - grupo de estudos e fomento da integração entre geotecnologias e Big Data e do Meia Bandeirada, empresa de soluções em tecnologia para mobilidade urbana. É membro do Conselho Curador da Fundação SEADE desde Setembro de 2016. 

Gesner Oliveira

Foi Presidente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) em 2007-10. Exerceu dois mandatos como presidente do CADE em 1996-2000. Foi sócio da Tendências em 2000-07. No Ministério da Fazenda foi Secretário de Acompanhamento Econômico em 1995 e Secretário Adjunto de Política Econômica em 1993-94. Gesner Oliveira é professor da FGV, Doutor pela Universidade da California (Berkeley), mestre pela Universidade de Campinas e bacharel pela USP. Foi professor-visitante da Universidade de Columbia nos EUA em 2006.

Henrique Fingermann

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1966), especialização em Economia Regional e Urbana na FIPE pela Universidade de São Paulo (1975) e mestrado em Administração Pública pela Fundação Getulio Vargas - SP (1983). Atualmente é Professor Assistente da Fundação Getulio Vargas - SP.

Luiz Carlos Bresser Pereira

Graduação em Direito pela Faculdade de Direito pela Universidade de São Paulo, USP (1957), mestrado (Master of Business Administration) pela Michigan State University (1961), e doutorado em Economia pela Faculdade de Economia e Administração, FEA, da USP (1972), e livre-docência em Economia pela FEA/USP/. Atualmente é professor emérito da Fundação Getulio Vargas - SP, onde é professor desde 1959, presidente e editor da Revista de Economia Política desde 1981. Tem experiência de ensino e pesquisa e trabalhos publicados nas áreas de Economia, Sociologia, Ciência Política e Administração Pública. Principais temas: desenvolvimento, macroeconomia do desenvolvimento, desenvolvimento e distribuição, inflação inercial, Estado e sociedade, democracia, nação e nacionalismo, sociedade civil, classes sociais, empresários, burocracia, tecnoburocracia, reforma gerencial, cinema.

Suas pesquisas atualmente concentram-se sobre o novo desenvolvimentismo, o Estado e a macroeconomia desenvolvimentista. Website: bresserpereira.org.br.

Marco Antonio Carvalho Teixeira

Possui mestrado em Ciências Sociais (1999) e doutorado em Ciências Sociais (2004) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É professor-adjunto e pesquisador do Departamento de Gestão Pública junto a Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas de São Paulo (EAESP-FGV), onde leciona nos cursos de graduação em Administração Pública e Administração de Empresas, bem como no Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo e, também, no Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas. Desenvolve pesquisas acadêmicas e vem atuando como Consultor de organismos nacionais e internacionais em temas como: Transparência, Accountability e Controle da administração pública com foco no papel dos órgãos de controle e no controle social; arranjos cooperativos intergovernamentais, política brasileira e eleições. É líder do grupo temático Federalismo, Relações Intergovernamentais e Descentralização, junto a área de Administração Pública do ENANPAD (biênio 2015-2016). Atua como comentarista do programa CBNSP, da Rádio CBN, onde trata de questões ligadas aos problemas da cidade de São Paulo e suas políticas públicas, e é um dos editores do Blog Gestão, Política & Sociedade, abrigado no jornal O Estado de S. Paulo.

Maria Alexandra Viegas Cortez da Cunha

Possui graduação em Administracao (1987) e Informatica (1982) pela Universidade Federal do Paraná, mestrado em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas - SP (1994) e doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo (2000). É professora da Escola de Administração de Empresas de São Paulo e tem experiência na área de Administração, com ênfase em Organizações Públicas, atuando principalmente nos seguintes temas: governo eletrônico, democracia digital, informática pública, sociedade da informação, administração pública e gestão de tecnologia da informação. Coordena a área de Tecnologia e Governos no CEAPG - Centr o de Estudos em Administração Pública e Governo.

Maria Rita Loureiro

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás (1968) , mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1975) , doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1984) , pós-doutorado pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (1988) e pós-doutorado pela New York University (2000) . Atualmente é Professora Titular da Fundação Getulio Vargas - SP e professora titular aposentada da Universidade de São Paulo, tendo também  lecionado na Escola Nacional de Administração Pública, em Brasília. É pesquisadora do Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, e do CNPQ. Membro do Conselho Editorial da Revista do Serviço Público(Brasília), da Revista de Economia Política e Membro da Associação da International Political Science Association. Tem experiência de pesquisa na área de Ciência Política, com ênfase nas seguintes temáticas:  Estado, Governo e Instituições Governamentais. Burocracia, Elites Dirigentes e Gestão Econômica.

Marta Ferreira Santos Farah

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, é mestre em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1983) e doutora em Sociologia pela mesma universidade (1992). É professora titular da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas, nos cursos de graduação e de pós-graduação stricto sensu em Administração Pública e Governo. Integrando o Departamento de Gestão Pública e participa do Centro de Estudos de Administração Pública e Governo (CEAPG). Coordenou o Curso de Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo de 2011 a 2015 e, anteriormente, de 1995 a 2001. Coordenou o Curso de Graduação em Administração da GV de 2004 a julho de 2008. De 1996 a 2006, foi vice-coordenadora do Programa Gestão Pública e Cidadania (FGV e Fundação FORD), desenvolvido com o objetivo de identificar, premiar, disseminar e analisar inovações promovidas por governos subnacionais no Brasil. Foi professora visitante do Brazil Center, da Universidade do Texas, em Austin e pesquisadora visitante do Ash Institute for Democratic Governance, ligado à John Kennedy School of Government, da Universidade de Harvard. Integra Comissão de Avaliação de Livros da CAPES da área de Administração. É avaliadora de diversas revistas da área de Administração e Ciências Sociais e assessora ad-hoc do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, da CAPES e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Foi editora da revista Cadernos Gestão Pública e Cidadania, entre 2009 e 2013. Áreas de pesquisa e orientação: políticas públicas, políticas sociais e cidadania, inovação em políticas públicas, difusão e disseminação de políticas públicas, governos locais e políticas públicas, políticas públicas e gênero, políticas públicas e desigualdade, participação e políticas públicas.

Regina Silvia Pacheco

É professora permanente da Fundação Getulio Vargas - SP. Foi Presidente da ENAP Escola Nacional de Administração Pública, entre 1995 e 2002, tendo participado da equipe de dirigentes do MARE Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado. Antes, foi Coordenadora Executiva do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC (1990-92). Sua área de pesquisa abrange Governo e Gestão Pública, com ênfase nos seguintes temas: Reforma do Estado, relações entre as esferas pública e privada, regulação, contratualização de resultados no setor público, dirigentes públicos. É Coordenadora do GPPlab - Laboratório de inovação voltado à solução de problemas públicos. Doutora em Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente - Université Paris-Est Créteil (ex-Université Paris 12).

Rodrigo Pagani de Souza

Professor Convidado no Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas da FGV/EAESP e na Especialização em Direito da Infraestrutura da FGV Direito SP/GVlaw. Professor Doutor de Direito Administrativo na Faculdade de Direito da USP, pela qual é Doutor e Mestre em Direito. Master of Laws (LL.M.) pela Universidade de Yale. Advogado em São Paulo, especializado em Consultoria em Direito Público e Regulação.

Vera Thorstensen

Professora e pesquisadora da Escola de Economia de São Paulo da FGV e Coordenadora do Centro do Comércio Global e do Investimento. Foi assessora econômica da Missão do Brasil em Genebra de 1995 ajulho de 2010. Doutora pela EAESP-FGV com programas de pós-doutoramento em Harvard (EUA), CEPS (Bruxelas) e BID (Washington). Foi presidente do Comitê de Regras de Origem da OMC.